Mônica Wadvogel E Tico Santa Cruz Condenam Pedido De Prisão De Lula

Para o músico Tico Santa Cruz, a decisão do MP de São Paulo visa inflar as mobilizações. Pablo Villaça também critica iniciativa.

 

Artistas, jornalistas e personalidades somaram coro às críticas ao pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, feito nesta quinta-feira (10), pelo Ministério Público de São Paulo. Para o músico Tico Santa Cruz, a decisão soa como “uma tentativa de inflar as manifestações” do próximo domingo (13).

“Soa como mais uma tentativa de inflar as mobilizações do dia 13. É uma ação para gerar pauta para mídia. Mas que assim como a condução coercitiva duramente criticada por importantes juristas, membros do STF e até pela oposição, tomada como um ato equivocado”, afirmou.

1

Para ele, a ação do MP vai “incendiar esse País, de forma totalmente irresponsável, por interesses que transcendem a questão jurídica e tem exclusivamente por condição uma ação política que se aproveita do momento instável do Brasil. Até onde vamos com essa postura sem noção?”, questionou Tico.

Outra personalidade do mundo cultural a refutar o pedido de prisão feito pelo MP-SP foi o crítico de cinema Pablo Villaça. Segundo ele, é compreensível sentir frustração e raiva com a partidarização da justiça. “O pedido de prisão de Lula é ofensivo não por ser contra Lula, mas por ser uma manifestação ideológico-partidária tão óbvia”, afirmou. leia mais

Coordenação

Construindo Um Novo Brasil.

Website: construindoumnovobrasil.com.br/

É uma corrente interna do PT, da qual fazem parte alguns dos principais ministros do nosso governo e o próprio Luiz Inácio Lula da Silva, entre outros quadros importantes. A corrente nasceu em 1983, a partir do Manifesto dos 113, que buscou organizar o grande número de militantes...